quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Estava eu na fila da caixa do supermercado quando vi que, mais uma vez, tinha tido má pontaria. A senhora da frente tinha-se esquecido de pesar a fruta. E lá foi ela com os sacos na mão, enquanto o resto do pessoal rosnava qualquer coisa entre dentes e a menina da caixa brincava com a esferográfica a disfarçar o nervoso de ter uma data de marmanjos a olhar para ela na expectativa.
Ao voltar com a fruta pesada (lata das latas!) a senhora vinha nas calmas, como se estivesse a sair da casa de chá com as amigas numa tardinha de férias.
Quando já toda a gente franzia o sobrolho e se preparava para abrir as hostilidades com uma boca mais azeda, ela explicou com um sorriso:
- Vocês desculpem mas eu não podia ir a correr porque estou aflitinha para fazer xixi.

9 comentários:

Paula Raposo disse...

Lololol

A Senhora disse...

Tadinha! :))

Castanha Pilada disse...

:)))

Luís Maia disse...

É por esta e por outras que eu posso não ter tempo para ler mais nada, mas aqui a da castanha eu não perco.

Este pequenos apontamentos bem tugas são do melhor, só não digo mais nada porque senão ... mijo-me

Taralhoca disse...

:)))))))))))))))))))
Se o travão era bexiga cheia, por mim estava desculpada. Não se apressa uma mulher "árrasquinha".

Mariquinhas disse...

LOL...E o que dizer, perante tanta franqueza, Castanha?! No meu caso, também, é melhor ficar por aqui - estou como ela...;))

Obrigada,mais uma vez, pelas tuas histórias, Castanha!
(hoje estava mesmo a precisar de rir)

Castanha Pilada disse...

Lol Luís! Vai à casinha já!

Taralhoca, eu diria que não se apressa ninguém à rasquinha!

Mariquinhas, o que dizer? Ninguém disse nada mesmo! :)

Dantins disse...

Acredito que vos tenha deixado sem palavras, afinal a senhora até tinha uma certa razão para tanta lentidão :P

Castanha Pilada disse...

Ah pois tinha!