quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Na zona de congelados dum super-mercado, um casal conversava sobre a banca dos gelados. Ele era alto, magrinho e usava uma volta de ouro sobre os pêlos do peito. Ela era uma pequena bolinha com pernas. Ele, com um gelado na mão, dava-lhe explicações sobre nutricionismo. Ela seguia-as atentamente.
- Estás a ver este gelado? Este podes comer sem engordar!
- Ai posso! - perguntava ela com olhos gulosos.
- Podes porque este é de praline (ele pronunciava pralaine). Sabes o que é pralaine? É inglês. Quer dizer "para a linha"!

5 comentários:

A Senhora disse...

Ah, é? :))

Isto seria uma tirada típica do meu pai, tentando enrolar a minha madrasta, para rir dela depois. :))

kuka disse...

E não quer dizer isso?
Por isso engordei este verão!

Taralhoca disse...

A Srª D. Castanha Pilada não andará porventura a escrever guiões para os "Malucos do Riso"?

Mariquinhas disse...

Vá lá - "assimilou" qualquer coisa - passou a dar atenção aos "componentes" - o resto é melhor ficar assim mesmo - que importância tem mais umas calorias perante o prazer dum "praline" - seja lá o que isso for ;))

Castanha Pilada disse...

Lol Senhora!

Lol Kuka!

Oh Taralhoca, as anedotas dos malucos do riso já são mais conhecidas do que fazer em França!

Mariquinhas, a senhora deve ser daquelas que diz "Eu não sei como é que engordo! Só como pralaine!"