quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Há um velhinho muito velhinho, daqueles para quem nós olhamos e pensamos "quem me dera chegar àquela idade sem fazer xixi nas calças", que costuma ir ao mesmo restaurante que eu. Vai sozinho, o que é indicador de que vive sem companhia. Não sei o nome dele, mas chamo-lhe mentalmente o senhor do leite-creme.
Senta-se sempre ao balcão, num daqueles bancos altos que não são para todos e janta no meio de grandes conversas com os empregados. Quando chega ao fim pergunta o que há de sobremesa:
- Há um leite-cremezinho como o senhor gosta!
- Ah! Hoje não quero leite-creme!
- Não quer? Pronto, o senhor é que sabe! Então temos mousse de chocolate, maçã assada, s'ladinha de fruta, baba de camelo e tarte de ovos moles.
- Nem sei...
- Uma maçãzinha assada?
- Ah!... Não...
- Uma moussezinha de chocolate?
- Ah!... Não...
- Então, uma tartezinha? Está muito boa!
- Ah!... Não...
- Então uma s'adinha de fruta!
- Ah!... Não... Olhe... traga-me um leite-creme para variar!

8 comentários:

Paula Raposo disse...

Que ternura!!! Como o compreendo: o meu Pai adora leite creme....
Beijos.

Kruzes Kanhoto disse...

Menos mal que ainda vai ao restaurante...

Dantins disse...

Parece que o senhor está simplesmente a fazer render a conversa porque no fim opta pelo mesmo, provavelmente este é um dos poucos momentos do dia que tem alguém com quem conversar.

Bom ano!

Taralhoca disse...

Coerência acima de tudo! Se bem que eu seria coerente mais prós lados da mousse de chocolate

Mariquinhas disse...

Já me aconteceu ter dessas indecisões e quando ainda era bem nova...;))
Penso ser isto - digo eu agora -não nos apetece nada do que nos estão a oferecer e acabamos por aceitar o que já foi testado...Grande conclusão;))

A Senhora disse...

Delicia de história! :) E com sabor de leite-creme.

mfc disse...

Pois... é como a mousse que é sempre caseira!

Emiele disse...

Ao menos fica conhecendo o menu todo da casa!!! O máximo é a conclusão final « vem o leite-creme PARA VARIAR» Ahahahahah!!!