domingo, 30 de novembro de 2008

A senhora estendeu-me a carta que vinha entregar. Dizia que pretendia dar início às obras no dia 31 de Novembro. Eu, sem saber muito bem como referir o assunto, disse-lhe:
- É melhor emendar aqui para 1 de Dezembro. Novembro só tem trinta dias.
Logo depois, perante o embaraço da minha interlocutora, inventei uma história completamente idiota para a fazer sentir-se melhor:
- É muito natural! Não se sinta mal! Eu, uma vez, estava a pôr a data limite duma licença como 30 de Fevereiro e o computador não aceitava. E eu sempre a insistir feita parva!

Ou seja, não havia necessidade. Ela ficou com cara de quem estava a pensar qualquer coisa como:
- Trinta de Fevereiro! Que estúpida! Toda a gente sabe que Fevereiro nunca tem trinta dias!

6 comentários:

papagaio disse...

ou entao deve ter pensado:ora esta a tentar-me fazer passar por parva toda a gente sabe que fevereiro tem 31 e nao 30 dias
ehehehehe

Patricia Lousinha disse...

"Por bem fazer, mal haver", uma treta portanto!

A Senhora disse...

Se fosse eu a "parva" estaria a pensar": quantos dias tem fevereiro, mesmo? :)

Castanha Pilada disse...

Simpáticos! :)))

Emiele disse...

Mas olha que a Senhora tem razão, O silêncio era ela a recapitular os meses todos e a ver se tinhas dito alguma graça...

Castanha Pilada disse...

lol!!!