sábado, 7 de fevereiro de 2009

Enquanto jantavam, frente a frente, sentados à mesa do restaurante, passava na televisão um jogo de futebol importante cujo resultado era importante para uma coisa qualquer mais importante ainda que ela não sabia o que era.
Ele, de frente para a televisão, não tirava os olhos dos fora-de-jogo, das substituições, das faltas e penalties, enquanto ambos jantavam em silêncio. Ela, que não estava incomodada pela situação nem nada, apenas sabia que naquele dia não iriam conseguir conversar antes que acabasse o futebol, iniciou, para ocupar o tempo, um exercício mental no qual contou os sapatos da fila de pessoas que jantava ao balcão, dividindo-os por cores e tamanhos.
De repente, ele tirou os olhos do futebol, olhou para ela e achou-a ausente no seu exercício de contar sapatos:
- Então amor! Tu hoje parece que não estás cá! Estás a pensar noutra coisa qualquer! Estás com algum problema?
Ela teve vontade de rir. Ai os homens...

9 comentários:

A Senhora disse...

:))))))))))))))))
Uau!!!
E ele conseguiu perceber a ausência - dela, evidente! :))

bjs.

PS: sempre adoro sua seleção musical!

Castanha Pilada disse...

Claro que sim! :)))

mfc disse...

Tens razão.
Os homens são uma peste!
Sabes'! Nunca me meti com nenhum!
Ehehehehehehe....

mário disse...

Ele apenas viu que ela estava 'fora de jogo' ...

Castanha Pilada disse...

mfc, tem dias...

Pois foi Mário.

Gi disse...

Isto é um auto-retrato?

Castanha Pilada disse...

Naaaa... é só uma história!

Nós, Os Cachorros!!! disse...

Cá pra nós, estou achando que estás aqui no Japão, vivendo ao meu lado e não estou lhe vendo... rs
Algo assim também aconteceu comido estes dias...
Só que no meu caso foi ao contrário, ela estava distraida...
E eu não tive vontade de rir e sim de xingar!!! rs

Castanha Pilada disse...

Calma! É preciso não perder a calma.