segunda-feira, 27 de abril de 2009

Ciclicamente aparece-me uma pessoa destas, a lembrar-me que a humanidade também é composta por lixo não reciclável. Atacou logo com um dos argumentos que me deixa o cérebro mais eriçado, que é o das pessoas que pensam que são espertas:

- Disseram-me que eu tinha que arranjar estes documentos todos para tratar deste assunto. Mas eu não quero porque não quero falar com os vizinhos. E eu conheço muita gente aqui! Conheço o Sr. Presidente, conheço o Sr Engenheiro X, conheço a Srª Engenheira Y!... Diga-me com qual é que eu devo falar para me livrar disto se faz favor..
- Por mim a senhora fala com quem quiser, não tenho nada a ver com isso. Mas a concordância do condomínio para alterar a fachada é exigida por lei, duvido que alguém a vá dispensar.
- Mas eu já lhe expliquei! Eu não vou arranjar isto porque não quero falar com os vizinhos! Aquele condomínio lá do prédio é uma grande trapalhada!
- Pois. A única coisa que eu lhe posso dizer é que tem que trazer o documento.

Foi nesta altura que ela passou ao plano B. Chegou-se à frente como se (cruzes credo!) fosse minha amiga íntima e começou a falar baixinho.

- Eu vou-lhe dizer o que se passa sabe? É que lá no prédio, as pessoas compraram os apartamentos e depois alugaram, percebe?
- Sim...
- Houve quem alugasse apartamentos a qualquer pessoa! Só lhes interessa o dinheiro!

Apostei comigo mesma que a seguir vinha aí cretinice ainda maior e cheguei-me para trás. Não falhei nem um centímetro. Ela continuou sem pestanejar.

- Alugaram vários apartamentos... a brasileiros!
- E?...
- Brasileiros pretos!!! A senhora acha isto bem?
- A senhora acha que devia ser proibido alugar apartamentos a brasileiros?
- Não! Mas são brasileiros pretos!!! Até pode haver lá um incêndio, qualquer coisa...
- Por causa dos brasileiros?!
- São pessoas doutro meio não é?
- Eu, pelo menos, sou doutro meio. - pensei, feliz - E ainda bem, porque detestaria ser do meio desta retardada mental.
Depois arrumei a questão, antes que me desse um ataque de urticária ou outra coisinha má:
- Olhe minha senhora, então eu lamento imenso, mas vai ter que falar com os seus vizinhos brasileiros para saber quem são os senhorios e lhes pedir para assinar uma declaração.

Esta vida às vezes é muito difícil!

9 comentários:

A Senhora disse...

Conheço uns brasileiros pretos que adorariam conversar com ela! :)))))

Castanha Pilada disse...

Lollll!!!

Emiele disse...

Olha que coisa! Já é insistência! Brasileiros, pretos, não seriam também maricas?
A gente tem de se rir que desde o princípio que a conversa é de fazer urticária, essa da 'cunha' como remédio santo, mas o requinte final então...

Que paciência que deve ser preciso!

Castanha Pilada disse...

Eu faço exercício zen todos os dias! Todos!

Saltapocinhas disse...

acredito! e olha que bem precisas!

Monday disse...

bom, de acordo com nosso semi-analfabeto presidente (não é chacota, é realidade mesmo), a crise mundial foi causada por gente branca de olhos azuis ... logo, creio que ela não deve se preocupar com os brasileiros pretos ... estes são inofensivos ... lol

Mariquinhas disse...

Se a mulher vai bater à porta dos brasileiros não sei.
Mas tenho a certeza que à da Castanha
não volta mais...

Castanha Pilada disse...

Saltapocinhas, pois, não penses que são só vocês! :)


Eu sei Monday, essa chegou cá. Gostámos especialmente da especficidade da cor dos olhos.

Deus te oiça Mariquinhas.

Nós, Os Cachorros!!! disse...

Haja paciência hein minha amiga?!
Concordo plenamente como o Monday e digo: Negros são mais humanos que brancos!