sexta-feira, 6 de março de 2009

Às vezes queremos ser tão simpáticos e corre-nos tão mal!
A minha colega estava a atender uma jovem estudante universitária que precisava de vários documentos para um trabalho de investigação. Entre as duas desenvolvia-se um diálogo amigável. Até que, devido certamente ao tom escuro de pele da sua interlocutora, a minha colega fez a pergunta fatal, embora sorridente e, tenho a certeza, sem qualquer segunda intenção:
- E então, quando acabar o curso, gostava de ficar por cá, ou regressa?
E ela, um pouco sem jeito:
- Eu nasci cá...

7 comentários:

Emiele disse...

Ups!!!

Mas se calhar até fazia melhor em «regressar» porque uma pessoa diplomada na terra-dos-pais-dela era capaz de ter mais hipóteses do que por cá onde já há muita gente de canudo a arrumar prateleiras de super-mercado...

A Senhora disse...

Eu lembrei quando fui para Portugal e, encontrando um amigo de internet ele me solta: mas... você é branca! :))))

Claro, morri de rir e somos amigos até hoje.

Castanha Pilada disse...

Emiele, na volta até já os pais dela são de cá.

Senhora, esse gajo deve ser um bocado tosco não?

mfc disse...

H´+a alturas em que se houvesse um buraco para a gente se enfiar... já lá moravamos!

Castanha Pilada disse...

Lol, pois é!...

Nós, Os Cachorros!!! disse...

Que coisa chata!!!

Castanha Pilada disse...

Um bocadinho... :)))