sábado, 28 de março de 2009

O que é que vocês pensavam se uma filha vossa vos dissesse qualquer coisa deste género:

- Sabes que isto de ter uma mãe ou um pai que vai à escola "peixeirar" dá logo outro estatuto! Têm-te logo outro respeitinho!

E quando vocês perguntassem:

- Mas estás a falar de quem?

Ela respondesse:

- De ti!!!

9 comentários:

Miepeee disse...

Ahahahahaha, o respeitinho e muito bonito.

Castanha Pilada disse...

É não é? Lol!

Saltapocinhas disse...

tu fizeste uma coisa dessas??
e ela perdoou-te?

A Senhora disse...

Explica prá mim: o que é peixeirar? é a mesma coisa que "armar o barraco"? E a mulher que arma o maior barraco é "barraqueira".

Castanha Pilada disse...

Eu não fiz Saltapocinhas, ela é que diz que fiz.

Senhora, sim, deve ser isso. Armar o barraco parece-me bem como tradução. :)))

Emiele disse...

Claro que ela gostou, saltapocinhas ou não dizia assim!

Portanto ela aprecia a 'peixeirada', e quem sai aos seus.
:)))

Emiele disse...

'Senhora', é nestas coisas que se vê as diferenças do português e brasileiro, no calão. Pelo que sei, diz-e «uma peixeirada» porque as peixeiras na praça quando discutem entre si não estão com grandes diplomacias e dão o seu berro dizendo o que lhes vai na alma...

Gi disse...

Eu desapeixonava-me da filha. Ah pois! ;)

Castanha Pilada disse...

Emiele, com "peixeirar", na verdade, ela queria só dizer reclamar. Eu ainda não cheguei ao ponto de arrear a giga e pôr a mão na anca.

Ah Gi, que exagerada!