sábado, 2 de maio de 2009

Há muitos anos, a minha filha mais nova tinha cinco anos e quis oferecer-me este disco no dia da mãe.
Pediu ao pai, sugeriu aos irmãos mais velhos e foi completamente arrasada com piadas e bocas foleiras. Conformou-se com a derrota e associou-se à oferta do perfume e das coisinhas feitas na escola.
Eu só vim a saber da história mais tarde e achei indecente. Uma criança de cinco anos não sabe a diferença entre música bimba e não bimba. Para ela, se diz "mãe querida" e é isso que ela quer dizer, está certo!

11 comentários:

Saltapocinhas disse...

tadinha!
e agora tinhas um disco valioso!!

ps:
tens um desafio no meu blog!

Saltapocinhas disse...

tadinha!
e agora tinhas um disco valioso!!

ps:
tens um desafio no meu blog!

Nós, Os Cachorros!!! disse...

Tenho certeza que irias amar o presente.
rianá é tudo de bom!!!

Castanha Pilada disse...

Saltapocinhas, valioso não sei, acho que toda a gente em Arouca o tem, que é onde fica a sede do clube de fãs.

Claro que iria amar Nós..., iria amar de qualquer maneira!

Mariquinhas disse...

A Castanha não recebeu o "disco"e eu cliquei de imediato e ouvi a cançâo ao até ao fim,para estar bem preparada para o resto da história.
Conclusão:fomos as duas castigadas em tempo e modo diferente.
Não se faz!

Castanha Pilada disse...

Lamento, eu tinha que fazer a demonstração, lol!!!

mfc disse...

E quem fala assim não é gaga, não senhor!
As Mães são absolutamente únicas... mas eu festejo o dia a 8 de Dezembro!
Burro velho não muda.

Castanha Pilada disse...

Eu vou festejando...

Emiele disse...

MCF - como diria ali o «Cachorro» AMEI! Já tenho pensado nisso muitas vezes, manter as velhas tradições!

De resto o gosto infantil, a gente sabe como é, mas também sentimos o que pode ser de frustrante termos uma ideia tão bonita e os outros gozarem...
(voltaste a dar-me uma ideia para um post! aqui o blog das Histórias de Embrulhar Castanhas é óptimo para ajudar ás Histórias da Emiéle! lol)

Gi disse...

E, pimba! Geralmente as crianças gostam muito de música pimba/bimba, vá lá que depois crescem.

Castanha Pilada disse...

Emiele, ainda bem, fico feliz por isso! Depois vou lá ler! :)))

Gi, algumas não se chegam a curar...