sábado, 16 de maio de 2009

Telefonei a um utente para o avisar de que já podia ir buscar um cartão. Sabia que ele tinha pressa e não custava nada ser simpática. E não é que o homem me atendeu e, depois de eu lhe dizer o que tinha a dizer, me responde secamente com um "tá..." e desliga-me na cara? Não é por nada, podia ao menos ter dito obrigada, sei lá, qualquer coisa dentro do género!
Passada meia hora, ainda eu estava a rosnar contra estes malcriados que não têm consideração nenhuma, entra-me ele esbaforido pela porta dentro:
- Ai minha senhora, nem queira saber! Há bocado, estava eu consigo ao telefone quando me entrou um mosquito pelo nariz, o sacana!... Nem consegui dizer mais nada, fiquei mesmo à rasca, palavra de honra!

10 comentários:

A Senhora disse...

Tadinho! :)
Quase estava eu a julga-lo mal também! :))

Miepeee disse...

Tens um mimo no meu blog.
Beijinho.

Erica Maria disse...

Ando sentindo sua falta viu?

Bjos em teu coração querida!!

FRANCO disse...

Será que o mosquito estava convidado para o almoço pelo macaquinho?

Mariquinhas disse...

Não se pode dizer que, o seu quotidiano ( profissional) é monótono.

Castanha Pilada disse...

Lol Senhora, é tão fácil fazer maus julgamentos!

Obrigada Miepee, vou trabalhar no assunto.

Erica, eu nem sempre me faço notar quando apareço :)

Franco, que maaaauuuuuu!!! :)

Não Mariquinhas, de facto não é. Todos os dias há um cromo novo.

Emiele disse...

Mas aí a explicação até foi simpática! Tadito...

Castanha Pilada disse...

Cá para nós... o homem é um cromo! :)))

bell disse...

Há sempre uma justificação para tudo.

Castanha Pilada disse...

E eu tenho um palpite que esta era verdadeira!