sábado, 9 de maio de 2009

Quando eu era muito jovem era, como todos os muito jovens, intolerante.
Nas campanhas eleitorais, quando via os partidos que estavam errados (que eram todos menos aquele de que eu era simpatizante), a distribuir folhetos na rua, podia muito bem passar ao largo. Mas não. Passava rentinho. Só para eles me entregarem um papelito daqueles e eu ter o prazer de responder:
- Oh! Obrigada! Vai ficar tão bem colado no autoclismo lá de casa!

Somos tão parvinhos enquanto não crescemos! E depois também...

12 comentários:

F Nando disse...

Posso imaginar e dependia de quem estava entregar. Mas faz parte da nossa memória e é tão bom a termos!
Continuamos com tudo na mesma pois somos os tais parvos que dizemos não e na altura do voto continua tudo na mesma...

Mariquinhas disse...

Que não é nada "parvinha", já tinha dado por isso, que pudesse ter sido "intolerante"...Não fazia a menor ideia!!!Lol

("intolerante"-leia-se-"irreverente")

Bom fds.

Saltapocinhas disse...

ainda bem que continuamos parvinhas!!

Castanha Pilada disse...

Nando, quer dizer que tudo está bem com a democracia. A gente vota e eles aproveitam.

Mariquinhas, e intolerante também. Não há como o tempo para tornar relativos os juízos absolutos. Esta não é minha, é do Miguel Torga.

Saltapocinhas, também acho. Temos blogs e tudo, só podemos ser :)

Erica Maria disse...

Pois é, o tempo passa, alguns traços de nossa personalidade continuam no mesmo lugar né?

Bjos e feliz dia das mães!

bell disse...

lol

Todos temos esses "tiques", eheh

mfc disse...

Há características que não perdemos!!!!Ehehehehehehe...

Castanha Pilada disse...

Erica, mas a gente vai aprendendo qualquer coisa...

Bell, é giro chamar-lhes tiques :)

Bolas mfc, eu já não sou tanto assim!

King disse...

Quanto a este ponto, hoje em dia sou realmente muito, mas muito mais tolerante do que quando era nova.
Até me espanto a mim mesma, quando encolho os ombros com coisas que dantes não deixava escapar...
Contudo em questões de política partidária nunca puxava as discussões. Se queriam discutir eu ia á luta, mas não as começava.
Feitios...

Emiele disse...

Olha o King do meu blog, por aqui!!!

Claro que a gente acha que todos menos aquele de que gostamos, estão redondamente enganados, é claro.
Mas estou como o King, hoje em dia já fecho os olhos a muita coisa que dantes me fazia responder logo de mão na anca!!!

maria c. disse...

Ai Castanha Pilada, ainda domino mal esta coisa dos comentários e dos pc.
Olha Emiéle, comentário 'assinado' King, era meu, o que quer dizer que eu sou a Queen :)
Ele tinha isto aberto com o seu nome do blogger ou lá o que é, eu que visito muito este blog hoje apeteceu-me comentar, escrevi e entrou assim, no nome dele.
Não faz mal, pois não? mas como está no feminino, podiam começar a pensar coisas e garanto que muito erradas
:))))

Castanha Pilada disse...

Queen, aqui em casa também acontece isso volta e meia, lol! Mas é mesmo o que eu estava a dizer, com o tempo tornamo-nos menos radicais.

Emiele, eu às vezes até me vejo a concordar aqui e ali com gente que antigamente nem queria que passassem por mim na rua!