quinta-feira, 17 de setembro de 2009

O casal amigo dos meus pais foi lá a casa numa visita de cortesia mas vinham muito consternados. Lamentavam-se chorosos que o filho não queria estudar mais e ia trabalhar para as obras. E ainda nem tinha terminado o 2.º ano do ciclo!
- Ainda se fosse ela! - dizia a mãe enquanto o pai acenava com a cabeça concordando - Uma rapariga não precisa de estudos, precisa é de saber tratar da casa! Qualquer dia arranja um marido para tomar conta dela e pronto! Agora o meu rapaz!...
Eu estava lá no meu canto a roer uma bolachita maria e fiquei toda arrepiada. Felizmente, e justiça seja feita a ambos, os meus pais sempre me obrigaram a estudar, mesmo quando não me apetecia nada, para não ter que depender de ninguém na vida. Nem de marido nenhum.

8 comentários:

A Senhora disse...

Mas aposto qeu, mesmo se ele estudasse, seria um peão de obras, um capacho. Enquanto ela, sustentada pelo marido, gastaria todo o seu próprio dinheiro em lojas caras e trabalharia por prazer.

Quanto a nós, apesar de bem estudadas, resta a realidade... :)

bjs

Castanha Pilada disse...

Sim, mas essa já é uma análise à posteriori. :)

mariabesuga disse...

Sensatez se chama a atitude dos teus pais principalmente na parte de não precisares depender de homem nenhum...

Bjbj

(Já li por aqui algures em qualquer altura alguém admirado por te lembrares destas estórias todas. Eu acho simplesmente fantástico!!!...)

Mariquinhas disse...

A minha mãe sempre trabalhou fora de casa então nunca pus a hipotese de não o fazer.Do que lembro e que na altura não entendia era - "estuda para seres alguém" e esse "alguém" fez toda a diferença:))

Castanha Pilada disse...

mariabesuga, a minha mãe dizia que o casamento é uma carta fechada. Eu não percebia essa da carta. Não percebia que isso queria dizer que podia ter azar e ter que trabalhar, lol!

Mariquinhas, também se dizia "Não lhe batas na cabeça que ela anda a estudar!" :)))

MEUS AMIGOS, A PARTIR DE AMANHÃ E ATÉ AO FIM DO MÊS NÃO DEVO VIR CÁ. VOU ANDAR EM DIGRESSÃO! MAS AS HISTORIETAS CONTINUARÃO A SAIR! BEIJINHOS!

mariabesuga disse...

Não te preocupes Castanha por não poderes cá vir. Manda lá as estórias que a gente vem fazer a festa, atirar os foguetes e apanhamos as canas. Estará tudo em ordem no teu regresso.

Boa digressão!... e venham de lá essas estorietas...

Mariquinhas disse...

Uma digressão - "produtiva"- aguardo,
as histórias :))
Ehehe, "Patroa fora dia Santo na loja" - grande rebaldaria;))
Diverte-te, Castanha, um abraço!

Castanha Pilada disse...

Obrigada mariabesuga. Vim a tempo de votar :)

Obrigada Mariquinhas, trouxe, de facto, montes de apontamentos :)