segunda-feira, 5 de outubro de 2009

- Então vocês vão-me dar isso a cores? - perguntou ele.
- Sim, vamos. A impressora a preto e branco está avariada. Mas vamos-lhe cobrar só o custo do preto e branco.
- Mas eu não quero isso a cores!
- Não quer?! Mas o senhor costumava reclamar sempre quando lhe dávamos isto a preto e branco!
- Pois. Mas eu queria que me dessem a cores porque me tinham dado razão. Não porque a impressora avariou!

9 comentários:

A Senhora disse...

Ai... Isso mais parece coisa de criança. Hoje gosto de peixe. Hoje não gosto mais porque você me disse que vem do mar. :)

Taralhoca disse...

Eu também sou assim. Uma mulher de princípios! :))))))))))

Mariquinhas disse...

O senhor terá, porventura, algum problema com o "preto" e branco"´- acho que os "serviços" deviam levar isso em consideração.:))

Emiele disse...

Certíssimo!
Uma coisa era darem-lhe razão, outra o ter-de-ser... Acho muito bem! :)

Paula Raposo disse...

Claro. E tem razão...beijos.

Sininho disse...

e mandar-lhe a impressora a cima?, não..., as duas é que era!!

Castanha Pilada disse...

Senhora, era homem. Os homens são sempre crianças! Pelo menos é o que dizem os clichés!

Lol Taralhoca! Então tá bem!

Mariquinhas, mas pelos vistos também tem um problema com o "a cores".

Pois Emiele, como os putos.

Paula, tem razão duma forma retorcida!

Sininho, só tu me compreendes! Lol!

bell disse...

Há pessoas difíceis de contentar!

Castanha Pilada disse...

Há mesmo!