sexta-feira, 23 de outubro de 2009

A M******** era a mais velha. Quase na idade da reforma, era ela que nos ensinava os mistérios da vida, duma forma que só as mulheres daquela geração sabiam fazer, convencidas de que o facto de terem conhecido um homem com quem casaram lhes conferia uma supremacia sobre as solteiras em matéria de assuntos obscuros. Era também ela a saber as novidades em primeira mão e a passar a informação ao grupo.
- A S**** está-se a divorciar, - disse-nos um dia à laia de bom dia - e a culpa é toda dela.
- Porquê??? Como é que sabes a vida da S****???
- Por causa do sexual (era assim que ela construía as frases). Ele contou-me várias vezes, coitadinho, que se "chegava" a ela e a cabra lhe dizia que não.
- Se calhar é porque não lhe apetecia...
- Apetecer?! Oh meninas! Se fosse por aí os desgraçados nunca faziam, porque a nós, depois de casadas, nunca nos apetece! Temos é que fazer esse sacríficio! É a nossa obrigação!
- Obrigação???!!!
- Ah pois! Vocês não pensem que a vida é um mar de rosas! Eu cá, sabe Deus, as vezes que estou cheia de nojo daquilo e a fingir que estou a gostar muito! E sabem o que é que eu faço? Conto as pecinhas do candeeiro de cristal que tenho no quarto. Já as contei umas poucas de vezes! E nunca me dá igual! Tenho ali com que me entreter até ele um dia se fartar! Mas sou uma boa mulher!

9 comentários:

Paula Raposo disse...

No comments...mesmo!
Beijos, bom fim de semana.

A Senhora disse...

:))))
Isso me lembrou a minha sogra ensinando a alguém a contar até 100 e, se mesmo assim ainda continuasse, contasse adiante.
:))

Castanha Pilada disse...

Paula. deprimente não é?

Senhora, isso era em voz alta ou mentalmente? :)))

mfc disse...

Ora bolas!
Vou ali e já venho...

Mariquinhas disse...

E porque não um dia ser ela a fartar-se - no dia que ela acertasse no número de peças do candeeiro?!
É triste mas eu acho que vai ficar tudo na mesma...

(às vezes esquecemo-os mas,ainda, existem situações dessas no mundo ocidental - dito - civilizado e
no sec 21)

Castanha Pilada disse...

Então mfc, também não foi assim tão mau... Só para ela, a bem dizer.

Mariquinhas, acho que já houve muito mais. Desdde que inventaram a revista Maria, acabou a paz dos homens! :)

Nós, Os Cachorros!!! disse...

Que bom que os tempos mudaram!!! rs
Coitadinhas das esposas...

Emiele disse...

Sorte o candeeiro ter muito que ver.
E, nem se pergunta se podia haver outra posição...

Castanha Pilada disse...

Nós, ainda bem mesmo.

Emiele, a mesma senhora foi uma vez ao médico com umas dores no útero e quando ele lhe perguntou em que posição costumava "ai e tal", ela respondeu: "Oh Senhor Doutor! É o normal!"