quinta-feira, 15 de outubro de 2009

A senhora falava ao telemóvel. Alto demais para o tema de certa forma delicado que estava a tratar.
- A Teresa tem dois pais! Não! Três! A Teresa tem três pais!
- (...)
- Tem três pais não tem? Eu bem sabia! É uma mãe e três pais, aponta aí!
- (...)
Quando se sentou na minha mesa explicou. Era professora e estava a falar com alguém da escola sobre os atendimentos a engarregados de educação que uma das suas colegas tinha que fazer naquele dia: Uma mãe e três pais.

13 comentários:

A Senhora disse...

Acho que já contei da minha sogra, diretora de uma escola, perguntando para um aluno qual o nome do pai dele. E ele: qual? esse ou o outro?

Será que não era a mesma mãe? :))

Castanha Pilada disse...

Lol, era um miúdo muito chegado à família!

Emiele disse...

Ehehehe!
A gente leva logo para o mal, né?...

mfc disse...

Depois arranjam-se confusões!

Mariquinhas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mariquinhas disse...

Claro que essa teve imensa graça:))
Mas, há pessoas que abusam esquecendo-se completamente que nem toda a gente à volta está disposta, a suportar mais esse "ruído".
Se há coisa que embirro é ver-me na situação de devassa da privacidade alheia sendo a "vitíma" a principal responsável na "violação" do tão reclamado - "direito à privacidade" :))

Castanha Pilada disse...

Emiele, a gente leva para o que parece não é? :)

Castanha Pilada disse...

mfc, naquele caso nem por isso. Digo eu.

Castanha Pilada disse...

Maqriquinhas, há pessoas que, a falar ao telemóvel, parece que estão a falar sem ele. E para muito longe!!!!!

Fantasia Musical disse...

Ah, esse tema dá pano para mangas!... ;)

Castanha Pilada disse...

Dá não dá? :)))

Gi disse...

Uma mãe e três pais só se podem chamar: engarregados de educação!
Os outros são encarregados de educação.
:D

Castanha Pilada disse...

Vou pensar seriamente nessa.