sábado, 17 de outubro de 2009

Quando apareceram as notas de dez contos (quem se lembra?), a minha avó ficou ao mesmo tempo tão maravilhada e tão consternada por ser possível, com um só papelinho, fazer as compras todas do mês, que decretou ser um pecado gastá-las. Por isso, de cada vez que o meu avô lhe dava uma, ela guardava-a dentro da terrina e, simplesmente, esquecia o assunto.
Um belo dia o meu avô, vislumbrando uma ponta de papel esverdeado a sair de dentro da terrina que decorava a mesa da sala-de-jantar, levantou a tampa curioso, e o que viu foi dinheiro suficiente para comprar um bom carro.
Quando me lembro desta história, penso como seria bom eu poder fazer isto com as actuais notas de quinhentos. Isto se elas se dignassem a aparecer por cá. E se eu tivesse uma terrina.

11 comentários:

Paula Raposo disse...

Também acho!
Falta-me a terrina...beijos.

A Senhora disse...

Até suspirei do lado de cá... Ai, como seria bom uma terrina... :))

bjs

R. disse...

Eu tenho uma terrina por cá. Se quiserem ir deixando as notinhas...

R.

Mariquinhas disse...

Tem graça, não me lembrava das notas de 10.000.00, aliás, lembro-me melhor das moedas e não foi assim há tanto tempo - acho que nunca vi uma de 500 euros:))
Para além da “terrina”, como a da tua avó, talvez tivéssemos que reaprender a viver com o essencial ou então redefinir o essencial, digo eu...

Saltapocinhas disse...

Eu dou a terrina e depois repartimos as notas.
Aceitas?

Castanha Pilada disse...

Paula, estás como eu, lol!

Senhora, e já cheia!

Oh R. e Saltapocinhas, que simpáticos! :)))

Mariquinhas, eu só tive uma na mão uma vez e nem era minha! Uma nota de 500, note-se.

Emiele disse...

Isso é que era poupar!
Realmente na mão só tive notas de 100 euros e foi sempre para trocar depressa... Aliás a gente usa cada vez menos dinheiro desse, agora paga-se quase tudo de cartão e cá para mim como não «se vê» o dinheiro estimula menos fazerem-se economias...

Fantasia Musical disse...

Trata já de arranjar uma terrina!

Castanha Pilada disse...

Emiele, uma nota de quinhentos é mais do que um ordenado mínimo. É triste não é?

Fantasia, vou arranjar. Depois só ficam a faltar as notas! :)))

Gi disse...

E carro tens?

Castanha Pilada disse...

Tenho. Mas comprava um avião!