quinta-feira, 16 de julho de 2009

Acordei a meio da noite com um barulho ensurdecedor que não reconheci de imediato. Ainda a meio caminho entre a consciência e o sonho, levantei a cabeça da almofada alguns centímetros e tentei perceber o que se passava. Era música. Música da berra, qualquer coisa que se ouve mal se liga o rádio do carro. Depois alguns comentários em língua inglesa e outra canção mais conhecida do que fazer em França. "Grande lata!" - pensei eu - "A estas horas a ver televisão nestes decibéis, e num prédio! Amanhã tenho que me levantar cedo para ir trabalhar! Quem será o cabrão?"
Levantei-me e fui à janela tentar descobrir de que apartamento vinha aquele chinfrim. Era do lado direito. "Caramba! Não me digam que são os velhotes do 3.º B!".
Voltei para a cama. Fosse quem fosse, talvez se cansasse e desligasse aquilo em breve. Mas nem pensar. A festa continuou por mais uma boa meia-hora, e eu já a ficar numa pilha de nervos e com vontade de atirar um vaso da varanda contra a janela de alguém. Decididamente, assim, nem valia a pena tentar dormir. Levantei-me para ir ao xixi e a seguir fui à cozinha fazer um chá. Ainda ia no corredor quando vi umas luzes que piscavam da porta da minha cozinha. "O que é isto?" - pensava eu já um bocado assustada.
Entrei. E nem me digam nada. A minha própria televisão, que andava um bocado marada, tinha-se ligado sozinha e estava sintonizada na MTV em altos berros. Desliguei-a, envergonhada, e fui-me deitar.

12 comentários:

bell disse...

lol A tua televisão tem vida própria e, pelos vistos, resolveu vingar-se!

A Senhora disse...

Quando são suas férias, mesmo? :))

mariabesuga disse...

Ups!!!...
nem digo mai nada...
volto cá amanhã a ver se isto tá melhorzinho...

Castanha Pilada disse...

bell, essa já foi para asucata há muito. Ainda nem havia electrões!

Lol Senhora, está quase! :)

Maria, isto já foi há q'anos!

Mariquinhas disse...

Lol ! Só para fazer um pouco mais de ruído...:)

Não serás "mediúnica"(?) e sendo assim foi algum "espírito" que te quis contactar!
Pessoas como Castanha, com espírito criativo, com talento, normalmente têm outros dons muito, mas muito especiais!

(aceita como um elogio, não quero que fiques zangada comigo)

Emiele disse...

A televisão é forte e inesperado, mas creio que muitos de nós já devem ter passado por cenas dessas com 'despertadores-rádio'. Eu que tenho um radio desses na casa de banho acontece-me com alguma frequência a mulher a dias a limpa-lo deixa-lo ligado (e numa hora inacreditável!) Ao princípio também ia à janela...
É que, por aqui, muitas vezes há mesmo carros que abrem as goelas dos rádios às tantas da manhã.
(Sorte a tua os tais velhotes do 3º B não te virem bater à porta!)

Poppie disse...

Já me aconteceu parecido. Mas era a gata que ligava a televisão quando a deixava apenas em stand-by e se passeava delicadamente por cima de tudo o que estivesse no sofá ou na mesa.

Taralhoca disse...

Ehehehehehehehe!
Espero que, em conformidade, se tenha seguido uma bonita e edificante cena de auto-flagelação envolvendo vasos.

Castanha Pilada disse...

Mariquinhas, agora que falas nisso... talvez... pelo menos sempre tive o condão de atrair entidades... estranhas.

Emiele, eu explico. Aquela tv era do tipo: desligávamos e ela voltava a ligar logo de seguida. Era preciso várias tentativas. Só que daquela vez deu-lhe a teimosia mais tarde.

Poppie, e essa gata nunca fez um voo planado a partir da janela por cima dos prédios vizinhos?

Taralhoca, a seguir meti o rabinho entre as pernas e fiz de conta que não era nada.

Paula Raposo disse...

Acontece...

R. disse...

A TV já foi para a sucata? Antes ou depois de a desmontares e perderes metade dos parafusos? :)

R.

Castanha Pilada disse...

Paula, felizmente não acontece muito :)))

Lol R, essa nem a tentei desmontar!