sexta-feira, 24 de julho de 2009

E naquele tempo eu era muito jovem, muito branca e muito leve e tinha permanentemente por baixo dos olhos umas leves olheiras. Precisamente o oposto dos ideiais de beleza das senhoras velhinhas amigas da minha sogra, que eram do tempo em que as moças beliscavam as faces antes de ir à janela e usavam anquinhas por baixo dos vestidos. Assim, em conselho de anciãs, concluíram que o meu aspecto, aliado ao facto de eu comer yogurtes (essa mistela esquisita feita de leite estragado), era sinal inequívoco de que o meu sangue era mau, e contavam-me histórias de meninas que comiam yogurtes e morreram de leucemia no meio de grande agonia e sofrimento, como forma de me explicar que devia comer bifes e batatas e gemadas com cerveja preta.
Eu tentei não lhes dar importância, mas a insistência da conversa entranhou-se na minha cabeça e eu dei comigo a ler um livro sobre sintomas de doenças que havia lá em casa. Dizia às tantas que um dos sintomas da leucemia era a pela extremamente macia. Com a pulga atrás da orelha, perguntei ao meu marido: - "Achas que eu tenho a pele muito macia?" - "Acho pois!" - respondeu ele, certo de estar a fazer o que era correcto.
Eu desatei a chorar, e acho que essa foi uma das vezes em que um homem pensou que nunca se sabe como é que se pode agradar a uma mulher.

7 comentários:

PreDatado disse...

Pois, se ele tivesse lido o pensamento diria que parecia lixa e tu ias comer mais um yogurte.

A Senhora disse...

Justo para quem foi perguntar!! :))))

beijinhos

mariabesuga disse...

Ó Castanha diz-me lá o que terias feito se o coitado tivesse respondido que não minha querida qual macia a tua pele qual quê a tua pele é assim a modos como... (qualquer coisa muito rija que não me apetece sequer pensar o que ele poderia ter dito para te agradar)

Beijinhos
E compreendo-te que isso de sogras e tias velhas tinham a mania que rosetas coradas é que era e quem não é para comer não é para trabalhar...

Mariquinhas disse...

Reconheço que as mulheres nem sempre são "fáceis" e alguns não se esforçam, ou estão desatentos mas, nesse caso ele estaria inocente. Longe de mim pensar que o senhor seu marido estaria feito com as velhinhas e também lhe quisesse assustar!!!
Eu, às vezes, sou mazinha :))

Mariquinhas disse...

"Irmãos Catita" "aqui" é muito bom:))

Paula Raposo disse...

Já me fizeste rir!! Beijos.

Castanha Pilada disse...

Lol, Predatado, aí eu ia amuar por uns dias. Estava lixado de qualquer forma.

Senhora, então? Ia perguntar à sogra?

Mariabesuga, ia amuar claro! Mas pelo menos sabia que tinha sangue bom!

Mariquinhas, ele estava feito com as velhas! Certinho! Lol!!!

Sou tolinha não sou Paula? :)