domingo, 12 de julho de 2009

- E pronto. É tudo.
- Mas eu agora não me vou embora.
- Desculpe, não entendi.
- Ah pois! Estive uma hora e quarenta à espera da minha vez, agora tenho o direito de ficar aqui uma hora e quarenta a ser atendido!

Será a isto que chamam "A Lógica da Batata"?

11 comentários:

A Senhora disse...

Ou tentando uma boa desculpa para não voltar rápido para casa, quando jurou que levaria, no mínimo, quatro horas para ser atendido! :))

bjs

A Senhora disse...

Aliás, o que é Lógica da Batata?

Mariquinhas disse...

No que contém de absurdo,essa pretensão, acho que sim e não poderia estar melhor enquadrada senão na "lógica da batata" - a filosofia popular é naturalmente sábia!

Kruzes Kanhoto disse...

Bolas! Isso é que é gente chata!

Castanha Pilada disse...

Senhora, é uma coisa de que se fala muito, mas que eu ainda estou para descobrir o que é.

Maqriquinhas, fica então esclarecida duma vez a lógica da batata.

Não Kruzes, são fãs que a gente tem!

Emiele disse...

Atão, ela sentia-se bem!
E faz sentido. Esperou ela, tinham de esperar os outros. Não sei como não aproveitaste, afinal era uma hora e tal que poderias descansar...
:)

Gi disse...

Aqui tens a lógica da batata!
Mas só seria lógica se a pessoa sobre quem postas fosse um homem! ;)
Haja puré de paciência.

Castanha Pilada disse...

Emiele, descansar a olhar de frente para aquilo? Até tinha um ataque de hiper-tensão!

Gi, essa batata tem alguma lógica sim... alguma.

Sininho disse...

Aconteceu-me algo do genero enquanto cortava o cabelo a uma senhora: fazer um corte de cabelo pode demorar apenas 5 minutos como pode demorar 20 minutos. Esta senhora tem um optimo cabelo para profissionais da area ganharem dinheiro, isto é tem pouco. Deste modo cortei tão rápido que ela jurava que era impossivel estar bem cortado... lol

Paula Raposo disse...

É. Isso é mesmo a lógica da batata. Esperou. Então vai fazer esperar....enfim! No comments. Beijos.

Castanha Pilada disse...

Sininho, também conheci uma que só comprava LP's que tivessem muitas músicas! :)

Paula, só pode ser a da batata, finalmente explicada.