sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Deprimente.
É ter uma conversa com o chefe do sector financeiro para esclarecer uma dúvida sobre um determinado procedimento e ele pegar na máquina de calcular para ver quanto é dois por cento de cem. À frente dos vossos olhos incrédulos.

10 comentários:

Saltapocinhas disse...

olá castanha!
muito ocupada, não com nenhum chefe de sector ignorante, mas com tanta festa, venho desejar-te um resto de período festivo muito feliz.
beijinhos.

Monday disse...

moça, comungo contigo da incredulidade: sempre pensei que para tal nível de cálculo, eram necessários computadores de última geração ...

Castanha Pilada disse...

Saltapocinhas, boas festas então!!!

Lol Monday! Daqueles potentes com que se fazem os filmes da Pixar!

A Senhora disse...

Claro que isso é brincadeira, não? :))))))

Dantins disse...

Isso não é deprimente, é mesmo burrice!
Inacreditável!

mfc disse...

Deve ter tirado o diploma nas "Novas Oportunidades"!

Tia Brites disse...

Senhora, é assim: Devido a acontecimentos recentes, respondo-te sim. É tudo brincadeira, completamente inventado. :)

Dantins, pois é.

mfc, não sejas assim. Hoje em dia há universidades tão "boas" como as gandas oportunidades.

mfc disse...

Hummm.... agora percebi tudo!
Um beijo grande.

Emiele disse...

Tadito, estava cansado.
Ouviu falar em percentagens e sabia que a máquina fazia isso... Não valia a pena estar a pensar mais no caso. Zás!

Mas aqui para nós é realmente hilariante! Devia voltar para a aula da Saltapocinhas!!!

Castanha Pilada disse...

mfc, foi do terramoto de 1967, nunca mais fui a mesma! Lol!

Emiele, caramba, isto é saber fazer mas não perceber porque se faz. Acho que a Saltapocinhas não é a indicada, a indicada era a profe que eu tive na primária, que lhe teria dado uns estalos inesquecíveis!