domingo, 28 de dezembro de 2008

Nunca senti um tremor de terra. Quer dizer, no meu tempo de vida já houve tremores de terra, mas eu nunca os senti. Não sei o que provoca esta minha insensibilidade ao fenómeno. Sei que, durante o maior de todos, eu estava ao cuidado da minha avó, no norte, enquanto os meus pais se tinham deslocado a Lisboa em viagem, precisamente onde o terremoto foi mais sentido.
Lembro-me da minha avó me tirar da cama em grande pânico e ficar agarrada a mim na sala de estar, a chorar e a rezar pelos meus pais. E eu a pensar se aquilo seria um pesadelo maluco.

5 comentários:

papagaio disse...

eu tambem mas assim o mais parecido era quando o velhote chegava a casa com os copos....era tremores por tudo o que era canto nesta casa

A Senhora disse...

Eu sempre lembro de meu irmão que estava em viagem para San Diego-EUA e estava com insônia. Nesse momento começou um tremor. Ele, que estava na cama, sentiu-se tão bem embalado que... dormiu. :)

mfc disse...

Esse mais fortezito foi por volta de 1967... não?!

Emiele disse...

Pois eu, os tais «fenómenos naturais» nunca tenho medo até apanhar com um a sério!
Isso do tremor de terra, aquele de 67 de que a mfc fala, foi muito assustador na zona onde vivo. Tinhas mesmo de sentir que era tudo a cair das prateleiras, a luz foi apagada na cidade toda ( e bem!) e durou muito tempo!!! O tempo para eu dizer aí umas 3 vezes «mas isto nunca mais acaba?!!!». E depois de ter chegado à rua às apalpadelas ainda apanhámos uma réplica!!!
Fiquei mesmo assustada.
Também não ligava a inundações até ter acordado uma vez com a sensação de algo errado, e ao sair da cama meter os pés em água gelada... Toda a zona em que estava a minha casa era um lago, não dava para fugir que o carro estava com as rodas debaixo de água. E tudo às escuras é claro...
Q quanto a ventanias, desde que eu Macau apanhei um furacão grau 10 que passei a ter muito respeito!

De resto, ainda espero por outros acidentes para vir a ter medo deles...

Castanha Pilada disse...

Lol Papagaio!!!

Lol também Senhora! Essa é de mestre!

mfc... há tanto tempo assim?! Meu Deus!!!

Emiele, caramba! Isso é que é, apanha-las todas!