sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Estão a ver quando a gente chega a casa tarde, naquela hora que já se confunde com o cedo, e com a cabeça a pedir ao corpo: "Deita-te! Deita-te!"? Quando a gente se deita depois de sumariamente ter tirado a roupa toda duma vez, calças, cuecas e meias tudo numa só viagem de mãos, e a seguir dormir como se tivesse entrado em coma? Quando no dia a seguir (ou umas horitas depois), acordamos para a vida sem nos lembrarmos de quem somos, pegamos nas mesmas calças do dia anterior que lá estão a um canto, vestimos mais uma ou duas coisitas e saímos para a rua a correr?
Pronto. É porque se um dia virem alguém de pé num autocarro, com cara de quem levou porrada e nem sabe de quem, e com umas cuecas sujas penduradas, a sair misteriosamente da cintura das calças, foi isso que lhe aconteceu.
Claro que, devido a causas naturais, isto é um acidente mais frequente nos homens.

14 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Nunca vi, mas acredito!

Anónimo disse...

Deixa eu ver se entendi: foi com voce?!

Amei a música!!:)

Monday disse...

bem, acho que consegui ao menos colocar as cuecas bem escondidas dos olhos alheios nessas ocasiões ... mas a camiseta vestida do escuro já ficou do avesso ...

e concordo com a Senhora: bela música!

Mai disse...

...Olha, eu jamais desprezo uma indicação de um amigo que sabe o que lê e a cada dia, estou mais certa de que isto é a mais acertada das minhas certezas e maluquices...
Eu adorei te achar.
E já vou te dizer que tenho a pachorra de te seguir. Ah! tenho.
És inevitável.

Abraços.

Castanha Pilada disse...

Carlos, eu (quase) nunca minto!

Senhora... não. Mas aconteceu com alguém que eu conheço e que andou nessa figura todo o dia!!!
PS: Ainda bem que a música daqui já não te assusta! :)))

Monday, mas isto é um aviso! Um aviso! :)))

Obrigada Mai, já te vou fazer uma visita, sou muito cusca!

mfc disse...

É verdade... já me despi assim!

Castanha Pilada disse...

Lol, já todos nos despimos assim.

Miepeee disse...

Despir sim, mas vestir nunca me aconteceu.
tambem nunca vi tal situacao, mas acredito que seja possivel.

Anónimo disse...

A musica me assustava porque eu havia esquecido que tinha colocado a "música ambiente" e, normalmente, ou lia o seu blog logo cedinho, ou logo à noitinha. Um silêncio... E, de repente! Aquelas vozes! :))))

Castanha Pilada disse...

Miepee, e uma senhora com os collants do dia anterior pendurados na saia? Também já vi acontecer.

Lol Senhora, e aquela dos Adiafa tinha um aproach um bocado duro, eu sei. :)))

Nós, Os Cachorros!!! disse...

Seu amigo aqui é bem chato para isso, ainda mais quando se tem tres cachorros num apartamento... rs
Sem banho não durmo... Sem banho não desperto... rs

Castanha Pilada disse...

Caramba! Banho à noite e banho de manhã?! Que andas tu a fazer durante a noite?

Emiele disse...

Tem graça, que antes de ler os comentários ao teu post pensava eu que ias ouvir(de mulheres) qualquer coisa do tipo «a quem é que isso nunca aconteceu..?»
Afinal, sou só eu e as minhas amigas...
Eu tenho uma variante - são os colllants. Vou na rua e começo a sentir uma coisa na perna, e vejo uma coisa a sir lá debaixo. são os collants que ficaram dentro da perna das calças!...

Castanha Pilada disse...

A minha sorte é que não consigo usar collants com calças! :)))