segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Foi naquele sítio do costume. O tal onde não há talões nem outras complicações. Comprei, entre outras coisas, um saquinho com três malaguetas. Dirigi-me à caixa e a funcionária, quando pegou nele fez um ar assim como se tivesse visto alguma coisa muito, muito, muito aberrante e exclamou: - "Credo! Que raio é isto?! Que pimentos tão esquisitos!".
Eu respondi, muito discreta: - "São malaguetas." - e ela procedeu à busca, carregando nas teclas enquanto soletrava ma... la... gue... Parou com ar satisfeito. Olhou para mim e perguntou: - "Malaguetas verdes, não é?" - Eu, tendo em consideração a hipótese de a senhora sofrer de daltonismo, levantei o saco onde brilhavam três malaguetas vermelhas e luzidias e respondi: - "Bem... não."
"Pois é" - cotinuou ela muito despachada - "verdes não são." - e depois de reflectir um pouco:
- Mas são malaguetas. Portanto pelo menos metade vai certo!
Não discuti. As verdes até eram mais baratas.

10 comentários:

Patricia Lousinha disse...

Aposto, mas aposto, que a gerente do Pingo Doce da zona é sportinguete|

Castanha Pilada disse...

Nem me tinha passado pela cabeça essa hipótese! Boa!

papagaio disse...

e eu no hospital amadora sintra?desde a triagem ate ser atendido tive que aprender 6 linguas diferentes...a portuguesa é nao estava.......na triagem tive que soletrar o meu nome algumas vinte vezes... eheheh nada tem a ver mas era so para saberem..
muah´sssss aos molhos

Monday disse...

eu nunca consegui um desconto de 50% por um fato semelhante a este ...

A Senhora disse...

:))))))

Eu adoro brincadeira de faz-de-conta! Principalmente quando eu ganho! :))))

Emiele disse...

São nesses momentos que não se sabe se a menina está bem disposta e a fazer humor ou é mesmo... lenta.
Eu gosto é quando pedem ajuda à colega que está na outra caixa, e a outra se quer mostrar eficiente e muitas vezes ainda complica mais!
.....
Mas lá na lista que ela tinha existiria mesmo a categoria «malagueta vermelha»?.. Ela devia ter «pimento verde ou vermelho» e «malagueta verde». Se não era uma coisa só podia ser a outra...

Taralhoca disse...

A ignorância é uma benção. Sobretudo para os clientes.

Anónimo disse...

Olá Castanha,

São tão "deliciosas" as tuas histórias que este passou a ser um local OBRIGATÒRIO de passagem e de "postagem", quem sabe.Ainda sou uma vouyer de blogs, porque não tenho disposição, criatividade e tudo o que é necessário para iniciar um.
Até breve.
Beijos
teresa

Castanha Pilada disse...

Papagaio, 6 línguas?! Que raio de aliens trabalham nesse hospital???

Bem, Monday, não foi 50%, era só menos 1€ por kilo...

Senhora, foi isso! :)))

Emiele, eu já lá fui várias vezes. E aquela senhora é, de facto, uma taralhoca. Não como esta que vem aqui, uma taralhoca mesmo!

Taralhoca, nem sei se aquilo é tudo ignorância, se tem "estou-me a cagar" à mistura.

Teresa, comentários como esses têm um grande, imenso valor para mim. Obrigada obrigada! :)

Susana disse...

Já li aqui historias muito giras e com esta fartei-me de rir...
Compensou a facto das verdes serem mais baratas.

:)